Dra. Suelen Rodrigues Stallbaum – Hematologista Londrina, Apucarana, Maringá e região

Anemia na terceira idade: o que é e quando se preocupar?

Por aqui a gente está sempre falando sobre doenças relacionadas ao sangue, que são minhas especialidade. Mas uma delas é “campeã” de dúvidas: a anemia. Então hoje eu quero falar sobre a presença de anemia em um grupo muito especial, que é a terceira idade.

 

A anemia acontece quando o nível de hemoglobina (responsável pelo transporte de oxigênio no sangue) está abaixo do normal. E na terceira idade pode acontecer por deficiência de nutrientes, como o ferro e vitamina B12 e também por doenças crônicas, que inclusive você pode ler mais sobre o assunto no meu blog!

 

Os estudos sobre anemia em idosos no Brasil ainda são poucos, mas relatam que cerca de 10% das pessoas acima de 65 anos apresentam a condição. É importante dizer que, diferente da anemia em pessoas jovens, no idoso ela pode estar relacionada com infecções, doenças e muitas vezes com problemas nos rins, por isso a atenção deve ser grande.

 

Os principais sintomas de anemia na terceira idade são:

 

  • Fadiga

  • Cansaço excessivo

  • Desinteresse por atividades corriqueiras, que pode ser confundido com depressão

  • Dificuldade para se movimentar, por conta do baixo nível de oxigênio no sangue

     

Quando o paciente chega ao consultório para avaliar uma possível anemia, precisamos entender também se há doenças relacionadas, anemias hereditárias e grande perda de sangue recente. Isso está diretamente ligado ao tratamento que será escolhido: reposição de ferro, vitamina B12, eritropoetina (em casos de anemia por insuficiência renal) ou até mesmo transfusões de sangue. Além disso, nos idosos com anemia sempre devemos investigar a presença de uma doença chamada Mieloma Múltiplo (também já falei sobre ela por aqui) e também rastrear outros tipos de câncer.

É preciso ter em mente que ao passar dos anos nossa saúde vai mudando e precisamos estar atentos aos sintomas e sinais que nosso corpo dá. Está se sentindo cansado e sem disposição para o que antes fazia normalmente? Você pode estar com anemia e somente um exame de sangue poderá mostrar isso.

 

E se você conhece alguém que não tenha acesso aos meus conteúdos mas que precisa dessa avaliação, o deixe informado! Pode parecer pouca coisa, mas a anemia não tratada pode impactar muito seriamente a saúde do paciente.

 

Sou hematologista e atendo pacientes a partir dos 16 anos em Londrina e Apucarana. Para agendar uma consulta comigo em Londrina ligue para (43) 3372-2500. Em Apucarana o número é (43) 3422-0836. WhatsApp apenas para agendamento: (43) 99187-9191. E se tiver alguma dúvida, deixe nos comentários! Até a próxima 🙂

1 comentário em “Anemia na terceira idade: o que é e quando se preocupar?”

  1. Tenho 63 anos e tenho traços da talassemia alfa , descobri a 20 anos atrás , moro em Londrina no Paraná fui consulta com o médico Hematologista Dr José David Fhilips .
    Eu tinha muita anemia e era muito magrinha sendo mãe de seis filhos estava me faltando força pra dar conta .
    Então o Dr na época passou sulfato terroso e ácido fólico e graças a Deus fiquei muito bem .
    Só que a cada dois anos voltava lá pra ele fazer novos exames mas como ele não atende mais o Sus e eu não tenho plano de saúde demorei três anos pra volta e quando fiz os exames a ferretina estava alta 421…então ele que mandou eu tomar para sempre o ácido fólico me mandou parar …
    Isso faz mais de um ano ….a uns três meses fiz o exame e a ferritina está em 211…
    O que o senhor acha ….
    Devo tomar o ácido fólico novamente ? …eu tomava dia sim dia não …
    Obrigada Deus o abençoe muito ….Maria Joana Vanzo Rodrigues …

Os comentários estão encerrado.