Dra. Suelen Rodrigues Stallbaum – Hematologista Londrina, Apucarana, Maringá e região

Vacinas em pacientes de transplante de medula óssea

Quem me acompanha por aqui sabe que muitas vezes já falei sobre transplante de medula óssea. Mas, se você está chegando agora, vou dar uma rápida resumida no que é a medula óssea e quando é preciso realizar o transplante, ok? 

A medula óssea é nossa fábrica do sangue. Lá é que são produzidos os leucócitos (glóbulos brancos), as hemácias (glóbulos vermelhos), e as plaquetas. Algumas doenças que comprometem tanto o funcionamento da medula óssea que para tentar resolver somente trocando a medula óssea, isso é o que chamamos de transplante de medula.Para alguns pacientes, inclusive, essa é a única possibilidade de cura. Algumas dessas doenças são: 

  • Leucemias Agudas
  • Linfomas
  • Aplasia de Medula
  • Anemias congênitas

Após o transplante de medula óssea, o sistema imune do paciente fica bastante comprometido, pois os pacientes perdem a memória imunológica dos agentes infecciosos e também das vacinas realizadas ao longo da vida, então seu sistema imune fica igual ao de um bebê não vacinado. Cerca de 1 ano após o procedimento, as vacinas passam a ser aplicadas novamente.

E quais são as vacinas necessárias de serem realizadas novamente, de acordo com ABRALE? 

  • Gripe (H1N1) – A partir de 12 meses pós-TMO. Repetir anualmente de acordo com orientação Ministério da Saúde. 
  • Pneumocócica (ajuda a prevenir pneumonias, meningites, otites e até sinusites) – A partir de 12 meses pós-TMO
  • Tetravalente (ajuda na prevenção contra difteria, tétano, coqueluche, meningite e hepatite B). A partir dos 12 meses pós-TMO.
  • Hepatite A – A partir de 12 meses pós-TMO
  • Poliomielite – A partir de 12 meses do pós-TMO.
  • Varicela (popularmente conhecida por catapora) – A partir de 2 anos do pós-TMO
  • Tríplice viral (sarampo, rubéola, caxumba) -A partir de 2 anos do pós-TMO

Todas essas vacinas serão indicadas pelo hematologista e pelo centro transplantador que estarão acompanhando o paciente, pois é preciso avaliar sua condição de saúde antes de iniciar o novo calendário de vacinação. 

Se tiver alguma dúvida, me conte aqui nos comentários. Sou hematologista e para consultas em Londrina ligue para (43) 3372-2500 no Centro de Oncologia ou (43) 3361-0111 na Reumato Clínica. Em Apucarana  (43) 3034-0789.