Dra. Suelen Rodrigues Stallbaum – Hematologista Londrina, Apucarana, Maringá e região

Qual o momento certo de buscar um hematologista?

Quando falamos em hematologia, muitas dúvidas podem surgir: quando buscar um hematologista? Será que preciso dessa especialidade no momento? Por isso, hoje vim te explicar mais sobre o trabalho do hematologista para ajudar a responder perguntas como essas!

O nosso sangue é responsável por transportar nutrientes, oxigênio e outras células para todos os órgãos do nosso corpo.

Para realizar essa importante tarefa, o sangue produzido na medula óssea é composto por plaquetas, hemácias (glóbulos vermelhos) e leucócitos (glóbulos brancos). Cada um deles deve estar em quantidades e condições específicas para estarem saudáveis, realizarem o seu trabalho adequadamente e não comprometerem o funcionamento de outras partes do corpo.

O hematologista é o médico especialista que estuda, pesquisa e trata as alterações relacionadas ao sangue, medula óssea, além de distúrbios do sistema linfático e de órgãos como baço e linfonodos.

É comum se chegar ao hematologista sendo encaminhado por um clínico geral, ginecologista, cirurgião ou especialista como Reumatologista, Endocrinologista, etc. que geralmente faz o direcionamento após identificar alguma situação incomum no exame físico ou exame de sangue do paciente e/ou quando este apresentar um sintoma que pode ter causa no sangue ou nos órgãos formadores de sangue.

Alguns sintomas que podem indicar que o paciente deve procurar o hematologista:

  • Sangramento de mucosas, como gengiva e nariz;
  • Manchas roxas espontâneas incomuns na pele;
  • Tromboses;
  • Linfonodos (gânglios linfáticos) inchados;
  • Fadiga e mal-estar sem causa definida;
  • Febre, emagrecimento e sudorese noturna

É claro que esses sintomas podem ter diversas causas, por isso o médico irá estudar o caso e poderá pedir mais exames, além dos clínicos já feitos, como um hemograma para analisar plaquetas, hemácias e outras células sanguíneas, um metabolismo de ferro para analisar a absorção do componente pelo organismo e rastrear causas de anemia, além de exames de imagem como ultrassonografia ou tomografia para verificar linfonodos aumentados, por exemplo.

Além desses e outros exames sanguíneos, é o hematologista quem prescreve os medicamentos da quimioterapia relacionados a doenças hematológicas malignas e acompanha os pacientes com leucemia.  É ele também quem realiza o procedimento de transplante de medula óssea quando necessário, além de poder atuar em bancos de sangue e hemocentros.

Resumindo, a área da hematologia é bastante ampla e complexa e ter conhecimento de quando procurar esta especialidade é fundamental tanto para os médicos encaminhadores como para os próprios pacientes, pois geralmente as doenças hematológicas têm evolução rápida. Por isso, tenha sempre um hematologista de confiança ao seu alcance.

Dra. Suelen Stallbaum é médica hematologista formada pela Universidade Federal do Paraná, com residência em Hematologia e Hemoterapia pelo Hospital Universitário.

Evangélico de Curitiba (HUEC). É médica Hematologista Responsável pelo Ambulatório de Mieloma Múltiplo e titular do ambulatório de Linfomas no Hospital do Câncer de Londrina. Atende também no Centro de Oncologia e Radioterapia de Londrina e na Clínica Maistro em Apucarana. Para consultas em Londrina ligue para (43) 3372-2502. Em Apucarana (43) 3422-0836. WhatsApp apenas para agendamento: (43) 99187-9191

Matéria originalmente publicada na Revista Saúde de Londrina. Confira aqui!