Dra. Suelen Rodrigues Stallbaum – Hematologista Londrina, Apucarana, Maringá e região

Mitos e verdades da quimioterapia

Quando você pensa em câncer, posso tentar adivinhar que uma das primeiras coisas que passam pela sua cabeça e a quimioterapia. Acertei?

A químio é o tratamento de combinação de medicamentos mais famoso para combater diversos tipos de cânceres, mas ainda gera muitas dúvidas, principalmente sobre os efeitos colaterais. Então hoje vou te ajudar a entender melhor esse assunto.  Vamos descobrir o que é mito e o que é verdade na quimioterapia?

A quimioterapia sempre é feita de forma intravenosa (pela veia)

Mito. A quimioterapia também pode ser um tratamento feito por comprimidos e líquidos (via oral), intramuscular (com injeções pelo músculo), tópica e subcutânea.

Não é preciso ficar internado

Depende! Existem os dois casos: em que o paciente precisa ficar internado durante o período de tratamento e também o caso em que ele vai até a clínica/hospital apenas para receber a medicação.

É proibido engravidar

Verdade. Durante o tratamento a mulher deve evitar ao máximo a gravidez por conta dos fortes medicamentos que receberá que são contra indicados para o período de gestação. Depois que receber alta médica, a paciente poderá engravidar desde que liberada pelo médico, pois em alguns casos não se pode engravidar em seguida e em alguns casos há risco de infertilidade com a quimioterapia também.

A quimioterapia é o principal tratamento contra o câncer

Também depende. Se falarmos de câncer de uma maneira geral, sim. Porém, muitos tipos de tumores são tratados com outras técnicas. É o caso do tumor de tireoide, que é tratado com iodoradioterapia e também casos em que o paciente é submetido a cirurgia e radioterapia.

Além disso, existe a imunoterapia. Lembra que falei dela na última semana?

O cabelo sempre vai cair

Mito. Apesar de ainda ser bastante comum como efeito colateral da quimioterapia, a queda de cabelo depende muito da medicação utilizada durante o tratamento.

Existem muitos efeitos colaterais

É verdade. A quimio é um tratamento que exige bastante força emocional do paciente, porém preciso reforçar que nem todos efeitos colaterais que são falados se aplicam em todos os casos, ok? Muitas vezes o paciente tem receio até mesmo de iniciar o tratamento por conta dos efeitos que podem nem surgir!

A imunidade do paciente pode cair

Verdade. O objetivo do tratamento é atacar e combater células doentes, porém sabemos que a medicação também acaba atacando células saudáveis o que causa um quadro que chamamos de leucopenia. Por isso, o paciente em tratamento quimioterápico deve ter cuidados redobrados com higiene, evitar lugares fechados com muitas pessoas e também comer apenas em lugares confiáveis, para evitar o risco de infecções.

A quimioterapia é um tratamento eficaz e que não pode ser visto como um vilão pelo paciente e seus familiares. Pelo contrário, é pela quimio que muitas vidas são salvas todos os anos! Se você tem alguma dúvida sobre o tratamento, deixe nos comentários.

Sou hematologista e atendo pacientes a partir de 16 anos em Londrina e Apucarana. Para consultas em Londrina ligue para (43) 3372-2500. Em Apucarana o número é (43) 3422-0836. WhatsApp apenas para agendamento: (43) 99187-9191.