Dra. Suelen Rodrigues Stallbaum – Hematologista Londrina, Apucarana, Maringá e região

Infecção ou inflamação? Como saber qual o correto?

Pus, inchaço, vermelhidão: esses são sinais de infecção ou inflamação? Quando falamos em saúde, existem algumas dúvidas que são super comuns, e alguns erros de definição também. 

Esse é o caso da confusão entre infecção e inflamação acontecer com bastante frequência. Você já se perguntou qual a diferença entre essas duas situações?

Hoje eu vou te explicar, olha só!

Entendendo a infecção

Infecção é o processo do corpo contra algum agente externo, podendo ser um vírus, fungo, parasita ou bactéria. Os nossos anticorpos e todo sistema de defesa do corpo (o sistema imunológico) trabalham justamente para combater esses agentes, e durante essa briga, alguns sintomas aparecem.

Esses sintomas vão depender muito do tipo de infecção, mas os mais comuns são:

  • Febre
  • Pus
  • Tosse
  • Diarreia
  • Fadiga/cansaço
  • No caso de infecção urinária, ardência na hora de fazer xixi

Você já entendeu que o causa uma infecção é algo externo, né? Mas e quais são as doenças mais comuns que surgem dessas infecções? Para ficar mais fácil de entender, aqui vão alguns exemplos de infecções: 

  • Hepatite A e B
  • Leptospirose
  • Tétano
  • Caxumba
  • Pneumonia
  • Sarampo
  • Gripes
  • E, não vamos esquecer, das doenças sexualmente transmissíveis: Sífilis e AIDS
  • Diversas outras

Algumas dessas infecções podem ter transmissão direta, passando de pessoa para pessoa. Outras podem ser transmitidas por alimentos, água, ou animais. 

A infecção hospitalar, muito conhecida, se dá justamente porque nos hospitais existe grande concentração de vírus e bactérias, por conta dos pacientes. 

Como dependendo do caso, a imunidade do paciente pode estar baixa, aumentam as chances dele apresentar um quadro infeccioso. 

Por isso, ao visitar alguém hospitalizado, a higiene é muito necessária, inclusive quando você vai embora, para não carregar esses “invasores”.  

Vai visitar alguém no hospital? Use e abuse do álcool em gel e, quando solicitado pela equipe médica e de enfermagem, utilize máscaras. 

Infecções são sérias e precisam ser tratadas e o tratamento mais comum é com o uso de antibióticos, nas infecções por bactérias, mas vai depender de qual é a causa da infecção. 

E a inflamação?

As inflamações são quadros causados por batidas, cortes ou pelo próprio organismo, como mecanismo de defesa. Podem acompanhar uma infecção, ou não. No processo inflamatório, os vasos sanguíneos “aumentam” (dilatam) e o fluxo de sangue para o local atingido também aumenta. Por isso é comum, por exemplo, quando nos machucamos, haver inchaço. Um exemplo clássico é “dar uma topada” com o pé. Como a área ficou machucada, um processo de inflamação acontece ali e daí vêm os sintomas.

Os sinais e sintomas mais comuns de inflamação são:

  • Dor, podendo ser leve ou forte
  • Calor no local (região fica mais quente que o resto do corpo)
  • Vermelhidão
  • Inchaço

O uso de anti-inflamatórios, de acordo com a indicação médica, é fundamental. O remédio irá diminuir a dor e o inchaço, combatendo a inflamação. Dependendo da severidade da inflamação podemos usar também corticoides.

Inflamações podem acontecer com maior frequência, como quando sentimos dores de garganta, dor de dente, ou após cortes e quedas.

Em ambos os casos, a automedicação deve ser evitada. Se você consegue identificar sinais claros da infecção, como infecção urinária ou de ouvido por exemplo, busque ajuda médica especializada. 

O mesmo acontece com as inflamações. Inchaço na boca e dente dolorido? Busque seu dentista! Dor de garganta que não passa? Também é hora de consultar um médico.

Agora você já sabe, né? Infecções são uma reação do nosso sistema imunológico aos agentes externos. As inflamações também são uma reação, mas sem envolver um microorganismo (bactéria, fungo, vírus, etc). Ficou com alguma dúvida? Então deixe nos comentários! Para consultas em Londrina ligue para (43) 3372-2500. Em Apucarana o número é (43) 3422-0836. WhatsApp apenas para agendamento: (43) 99187-9191. 

Até o próximo conteúdo 🙂