Dra. Suelen Rodrigues Stallbaum – Hematologista Londrina, Apucarana, Maringá e região

Hematoma em idoso: O que pode ser?

Não é raro pacientes da terceira idade relatarem o surgimento de hematomas pelo corpo. Muitas vezes fica a dúvida: onde isso aconteceu? Não me lembro de ter trombado em nada!

Se você já passou por isso ou conhece alguém que se identifica com essa situação, hoje vou falar o que podem ser os hematomas ou manchas roxas em idosos. Vamos lá?

Conforme vamos envelhecendo (ganhando experiência!), nossa pele se transforma. A  renovação celular diminui, sentimos a pele mais seca e há diminuição no colágeno e de algumas proteínas também. Além disso, as camadas da pele também ficam mais separadas, o que facilita o surgimento desses hematomas pelo corpo.

Por isso, pequenos traumas, até mesmo a retirada de curativos ou o apoio de sacolas pesadas nos braços podem causar esses roxos inesperados.  Outro motivo para os hematomas em idosos são as inflamações nas veias que podem ter a causa também em lesões como batidas, picadas de insetos ou mesmo uma alergia.

Algumas outras possíveis causas para o aparecimento de hematomas na terceira idade são:

Púrpura Senil

Quando o paciente apresenta petéquias (pontinhos vermelhos) ou hematomas no dorso das mãos, punhos ou antebraços, classificamos como a púrpura senil, que ocorre também com a  diminuição do suporte conjuntivo pericapilar, por conta do envelhecimento da pele.

Não é grave e por isso o indicado para amenizar os hematomas é o uso de cremes à base de vitamina K.

Púrpura Hipostática

Quando as manchas surgem em pernas e tornozelos e o paciente idoso costumam ficar em pé por muito tempo, chamamos de púrpura hipostática. Além disso, esses hematomas podem aparecer em quem já apresenta varizes, obesidade ou artrites.

Para esses casos recomendamos algumas outras medidas além do uso de cremes: ficar com as pernas elevadas para ajudar na circulação e uso de meias elásticas.

Uso de medicamentos:

Alguns medicamentos como aspirina, anticoagulantes e anti inflamatórios podem ser a causa das manchas no corpo. Por isso o ideal é avaliar junto ao médico outros fatores como os citamos anteriormente (inflamações, obesidade, traumas).  

Doença de Von Willebrand

Eu já falei sobre ela por aqui, você se lembra? A Doença de Von Willebrand é caracterizada por uma disfunção no fator de Von Willebrand da coagulação sanguínea, causando hemorragias e consequentes hematomas no paciente.

Diferente dos outros motivos que trouxe, a doença de Von Willebrand tem um diagnóstico mais exato o que possibilita melhor tratamento.

Alterações nas plaquetas

A queda no número de plaquetas (plaquetopenia, que também já trouxe aqui nas redes sociais) altera diretamente a coagulação sanguínea, fazendo com que também surjam manchas roxas pelo corpo do paciente. Em idosos uma das causas que pode baixar plaquetas é a Síndrome Mielodisplásica (também já falamos sobre ela aqui). 😉

Viu só como um “simples” hematoma pode ter diversas causas? Por isso, o acompanhamento médico na terceira idade é tão importante, seja com o geriatra ou com médicos especialistas da sua confiança.

Se você observa que mesmo sem traumas ou lesões está com hematomas frequentes pelo corpo, o ideal é fazer uma consulta médica para realizar alguns exames.

Sou hematologista e atendo em Londrina e Apucarana. Para agendar uma consulta comigo em Londrina ligue para (43) 3372-2500. Em Apucarana o número é (43) 3422-0836. WhatsApp apenas para agendamento: (43) 99187-9191. Até mais 🙂