Dra. Suelen Rodrigues Stallbaum – Hematologista Londrina, Apucarana, Maringá e região

Anemia pós cirurgia bariátrica: você sabe o que acontece?

Com certeza você conhece alguém que já fez ou pensa em realizar o procedimento da cirurgia bariátrica, não é? A famosa “redução do estômago” ganhou muitos adeptos nas últimas duas décadas e tem sido um forte tratamento no combate aos perigos da obesidade severa e as consequências que ela traz, como hipertensão, problemas cardiológicos e nutricionais.

Porém, o que muita gente não se atenta é que com uma mudança tão importante na vida, algumas consequências também são notadas. Com a cirurgia bariátrica ou metabólica retiramos um pedaço do estômago e em algumas técnicas também um pedaço do intestino e o paciente naturalmente passa a comer menos – geralmente bem menos – do que comia anteriormente. Isso porque de fato o seu organismo não suporta mais a mesma quantidade de alimentos ingeridos diariamente, tanto por comer menos, e principalmente por não ter mais uma parte de órgãos fundamentais na absorção dos nutrientes. É aí que surge uma das principais “heranças” pós-bariátrica: a anemia.

Sabemos que a anemia pode acontecer por diferentes motivos, mas ela é muito presente em pacientes que realizaram redução do estômago porque passa-se a ingerir muito menos nutrientes. O mais comum é notarmos não só a falta de ferro, mas também de zinco, ácido fólico, vitamina D, cálcio e vitamina B12.

Além disso, como houve uma diminuição de órgãos, também diminui-se a absorção dos micronutrientes que são ingeridos, contribuindo para o quadro.

É importante ressaltar que vitaminas e minerais auxiliam a regular o metabolismo, o que é importantíssimo para o sucesso na perda de peso pós-cirurgia. Por isso, não adianta apenas realizar o procedimento e não fazer um acompanhamento, concorda?

O ideal é que o paciente faça um hemograma antes da cirurgia para já identificar uma possível anemia ou deficiência de nutrientes para suplementação prévia. Depois da cirurgia, o acompanhamento deve ser ainda mais rigoroso, tanto com profissionais como o médico hematologista (minha especialidade) quanto com um nutricionista para prescrever a melhor dieta, dentro das calorias que o paciente pode consumir e nutrientes que estão em falta.

Devemos ter em mente que nenhum procedimento cirúrgico substitui totalmente o cuidado que temos que ter com nossa saúde, ok? Existem casos de anemia grave pós-bariátrica, por isso reforço a importância de estar sempre em dia com exames de sangue para checagem dos níveis de ferro e vitaminas no corpo.

Se você já fez o procedimento da bariátrica ou está prestes a fazer, não esqueça que os cuidados não acabaram! Sou hematologista e atendo em Londrina e Apucarana. Para agendar uma consulta comigo, em Londrina ligue para (43) 3372-2500  ou (43) 3422-0836 em Apucarana. WhatsApp apenas para agendamento: (43) 99187-9191. E se tiver alguma dúvida, deixe nos comentários! 🙂